Imerys, Transform to perform

Área de publicações.

  




Cooperação de comunidades aumenta durante a pandemia

Comunitárias de Vila do Conde fabricam máscaras caseiras





A costureira Maria Joana Martins, de 53 anos, foi uma das dez selecionadas para o projeto de geração de renda iniciado pela Imerys como uma das ações de resposta à pandemia da Covid-19. “Eu me interessei em participar do projeto para ajudar na prevenção das pessoas. Sabemos que o consumo de máscaras tem sido muito grande. Fico feliz em fazer parte, doar meu tempo e meu trabalho para ajudar meu próximo”, conta a moradora do bairro de Vila do Conde.


O projeto é uma iniciativa da Imerys, mineradora que atua com o caulim em Barcarena, com o objetivo de incrementar a renda das participantes, além de contribuir para a prevenção do coronavírus. "As inscritas nos enviaram vídeos do passo a passo de como elas fabricavam as máscaras, e assim selecionamos as que fazem parte do projeto. Depois da seleção, entregamos os kits para a confecção, que incluem o material para a fabricação das máscaras, apostilas, vídeos, além do acompanhamento de uma professora. As máscaras estão sendo confeccionadas seguindo todos os padrões de orientação do Ministério da Saúde, incluindo as de distanciamento. Cada costureira realiza a fabricação em sua própria casa", explicou Flávia Souza, analista de Relações com a Comunidade da Imerys. 


Mais adiante, cursos de Atendimento ao Cliente, Compra e Venda, Controle Financeiro, entre outros, serão ofertados às costureiras para fortalecer a cultura de geração de renda e profissionalizá-las. Para Maria do Socorro, também participante do projeto, o importante é mostrar seu trabalho: " Eu dou meu tempo, esforço, trabalho, ajudo as pessoas e sei que isso terá retorno pra mim. Se a gente faz o bem, recebemos o mesmo."




X

Nos envie uma mensagem